mumford-11

As 10 melhores letras de Mumford and Sons, segundo a NME

Em 2017, Mumford ans Sons completam 10 anos de carreira. Em comemoração a isso, já comentamos aqui sobre uma playlist que os músicos criaram com suas músicas em projetos paralelos (além de lados b e participações), já falamos sobre as 10 melhores performances ao vivo da banda e até já criamos um teste para ver se você realmente conhece as músicas da banda. Agora chegou a hora de falarmos sobre as letras incríveis desses caras.

O site da revista britânica New Musical Express, mais conhecida como NME, listou as 10 melhores letras da banda britânica e é claro que a gente vai compartilhar isso aqui com vocês.

 

10 – “Awake My Soul”

 

Com suas cordas triunfantes, a comemorativa “Awake My Soul” faz com que a inevitabilidade da morte pareça tão alegre como a inevitabilidade de ter egg nog no Natal.

“Lend me your eyes I can change what you see
But your soul you must keep, totally free”

 

9 – “Whispers in the Dark”

 

Embora não saibamos como essa saga de amor terminou, o que faz Marcus Mumford o Marcus Mumford é essa habilidade de espremer um sentimento animador de qualquer maneira, como um irmãozinho ingênuo, cujo otimismo pateta faz você sorrir de qualquer jeito.

“You’ll never be alone.
When darkness comes, I’ll light the night with stars”.

 

8 – “Holland Road”

 

Quando você atinge o fundo do poço, não há nada como um amor estável para lembrá-lo que você ainda está no controle.

“If you believe in me
I’ll still believe”
.

 

7 – “The Wolf”

 

Não há como dizer o que exatamente o lobo do Sr. Mumford representa, mas ele se destaca tanto em suas narrativas que não há como passar desperecido.

“You’ve been wandering for days
How you felt me slip your mind
Leave behind your wanting ways
I want to look you in the eye
Cause you were all I ever longed for”

6 – “Believe”

 

Depois de passar dois álbuns, aperfeiçoando a sua arte bard-speak, Mumford and Sons começaram a declarar suas verdades de uma forma mais pop-rock. Sem, claro, continuar sendo incríveis.

“I had the strangest feeling
Your world’s not all it seems
So tired of misconceiving
What else this could’ve been”

 

5 – “Below My Feet”

 

Essa é mais uma das faixas do Mumford and Sons cheias de espiritualidade e que gera dúvidas sobre o que ela realmente quer dizer.

“And I was still
I was under your spell
When I was told by Jesus all was well
So all must be well”

 

4 – “Broken Crown”

 

Depois de um remorso por suas más decisões, aqui Marcus engole sua tristeza e assume a responsabilidade por suas ações. Mais uma baita narrativa!

“Crawl on my belly til the sun goes down
I’ll never wear your broken crown
I can take the rope and I can fuck it all the way
But in this twilight, our choices seal our fate”

 

3 – “Sigh No More”

 

Todos nós ficamos um pouco mal-humorados com o amor às vezes, mas para Mumford, isso fica em segundo plano quando comparado ao seu potencial libertador e a sua força na nossa auto descoberta.

“Love, it will not betray you
Dismay or enslave you, it will set you free”

 

2 – “Winter Winds”

 

Uma poesia musicada! A faixa enfatiza como todos falam sobre como o amor faz com que tudo pareça cor-de-rosa, mas poucos mencionam a maneira como ele faz você perceber que no fundo, todo o mundo é solitário.

“As the winter winds litter London with lonely hearts
Oh the warmth in your eyes swept me into your arms
Was it love or fear of the cold that led us through the night?”

 

1 – “Dust Bowl Dance”

 

Talvez a maior narrativa de Mumford & Sons. “Dust Bowl Dance” derruba metáforas atuais e soa como um romance moderno residindo na literatura do século 19.

“Well yes sir, yes sir, yes it was me
I know what I’ve done, cause I know what I’ve seen
I went out back and I got my gun
I said,
“you haven’t met me, I am the only son””

 

Compartilhe