DOIS

Conheça o folk cristão do DOIS

*Com a colaboração de Filipe Pereira


DOIS é um ministério de música formado por Juvenal Estevam e Henrique Ribeiro, dois amigos membros da Igreja Redenção, que se juntaram de forma despretensiosa no inicio de 2014 para fazer um som juntos. Os dois amigos tiraram de suas afinidades musicais o desejo de compartilhar mais da Palavra de Deus através de um estilo musical pouco conhecido ou pouco explorado no meio cristão brasileiro. Com repertório acústico folk/country, o DOIS apresenta releituras de clássicos cristãos e músicas autorais. Batemos um papo com o duo sobre influências, música e planos. Confere aí!

FolkdaWorld: Há quanto tempo o duo existe e qual a história da formação do DOIS?

DOIS: O DOIS existe há quase dois anos e a nossa formação se deu de forma extremamente natural. Quando eu (Juvenal) e minha esposa (na época noiva) fomos congregar na Igreja Redenção, conhecemos o Henrique e sua esposa (na época namorada) e as similaridades ficavam mais claras a cada encontro. Formou-se, então, um quarteto muito unido e cada vez mais próximo. Henrique sempre foi apreciador do folk e suas vertentes, assim como eu. Em dado momento Henrique me convidou para fazer a parte musical do nosso culto de jovens e eu aceitei, desde que fizéssemos juntos. Aquela foi nossa primeira apresentação juntos, que contou com a ajuda do grande amigo Mario Matos na percussão, ainda não éramos o DOIS, mas estávamos próximos. Com a apresentação, a aceitação e até mesmo a nossa euforia por aquilo estar finalmente acontecendo, decidimos formar um duo e nada mais justo e simplório que o batizarmos de DOIS.

FDW: Quais são as suas maiores influências musicais, tanto no folk quanto fora dele?

DOIS: Nós temos gostos musicais muito similares. Como principal influência podemos citar Os Arrais, porém gostamos muito de bluegrass, aqueles bem caipiras. Ouvimos folk em todas as suas vertentes. Ouvimos muito metal, principalmente For Today e The Devil Wears Prada, por mais estranho que possa soar como referência musical de um duo folk, porém a miscelânea de coisas que ouvimos nos ajuda muito na ampliação de ideias para a criação da nossa identidade.

FDW: Vocês são cristãos evangélicos, que importância e inspiração a fé tem para vocês e suas vidas artísticas, podem falar um pouco e definir como ela os influencia?

DOIS: O DOIS é uma banda cristã, formada por cristãos que se conheceram na igreja. Não haveria possibilidade de falarmos de algo diferente daquilo que preenche por completo o nosso coração, que é o amor. E Deus é amor. Como não sentir-se tocado com a possibilidade de abrir mão de tudo que é, em prol do outro? Por amor? Não há como separarmos a nossa fé daquilo que vivenciamos e somos. Ela nos inspira e nos impulsiona. A nossa fé em Jesus Cristo determina quem somos e o que devemos fazer e é isso que fazemos, usamos a música como instrumento para levar escape, paz, amor, alegria e esperança ao coração das pessoas. E nessa direção seguiremos, sem desviar o olhar, levando a mensagem da cruz onde temos a oportunidade de pisarmos.

FDW: Vocês já têm EP?

DOIS: Nosso primeiro EP foi lançado no segundo semestre de 2014. Quando decidimos montar o DOIS o primeiro passo foi compor e registrar algumas canções, surgiu então o primeiro EP, de cinco músicas autorais, gravadas num quarto das nossas casas de forma bastante despretensiosa. Queríamos ter algo para mostrar aos nossos amigos e familiares. A partir daí passaram a surgir convites para apresentações e fomos para a estrada. Nesse tempo as composições continuaram e no presente momento estamos no processo de gravação do nosso primeiro CD, que esperamos lançar até o fim de fevereiro.

DOIS

FDW: Qual ou quais canções prediletas para vocês no seu repertório?

DOIS: Temos muito carinho por todas as canções que tocamos. Temos muito cuidado com letra, não escolhemos qualquer música, temos essa preocupação com a mensagem e o que ela representa. Como canção predileta eu poderia citar duas, que na nossa releitura se tornou apenas uma, e que muito nos marcou que é ‘Tu És Soberano’ e ‘Ao Único’. Isso porque ela foi a primeira canção que tocamos juntos e durante um bom tempo foi ela quem abriu as nossas apresentações. De música autoral passamos pelos mesmos crivos, porém temos um carinho muito especial com ‘Eis-nos Aqui’, talvez por ter sido nossa primeira composição.

FDW: O folk tem instrumentos bem característicos. Quais instrumentos vocês tocam?

DOIS: O DOIS tem seu set percussivo formado por bumbo e meia lua, vez ou outra utilizamos também o ganzá e o udu. Instrumentos de sopro utilizamos gaita e escaleta. E como instrumentos de corda utilizamos violão, ukulele, banjo de 5 cordas e bandolim.

FDW: O que vocês acham e esperam do cenário folk cristão no Brasil?

DOIS: Vejo o cenário folk cristão brasileiro se fortalecendo e apesar de termos um ou outro artista com abrangência nacional, em sua grande maioria ainda somos artistas locais e isso não é ruim, expande o gênero. Acreditamos que há uma aceitação muito grande das pessoas que nos ouvem, independente de denominação religiosa, o que para nós é um ponto muito positivo e cremos que da mesma forma o é para o crescimento do gênero.

FDW: Para encerrar, qual mensagem o DOIS deixa para as pessoas que acompanham a música e a carreira de vocês para esse ano de 2016 que está apenas começando?

DOIS: Primeiro gostaríamos de agradecer a oportunidade que o FolkdaWorld está nos dando, esse site tão visitado e querido por nós do DOIS. Bom, como mensagem para as pessoas que nos acompanham, para esse ano de 2016, podemos dizer que estamos trabalhando bastante para preparar um álbum à altura daquilo que o nosso público merece, que possa agradar e levar uma mensagem bacana para o coração de todos que nos ouvirem, levando um som alegre e festivo sem deixar de passar a mensagem da cruz, que é o que nos move. Contamos com as orações de todos e esperamos encontra-los em breve em nossas apresentações. Deus abençoe.

Ouça o EP completo:

Compartilhe