murillo-augustus

Vem “se folkar” ao som de Murillo Augustus

murillo-augustus-quero-que-se-folk

Em setembro de 2017, o cantor e multi-instrumentista Murillo Augustus lançou seu terceiro álbum intitulado “Quero Que Se Folk”.

Diferente dos trabalhos anteriores “Passando o Som” e “Bom pra Cachorro”, o músico deixa aquela proposta de one man band (banda de um homem só) de lado e traz participações de grandes músicos como banda de apoio e do escritor e compositor João Affonso.

“Para mim, esse é o material mais rico e divertido que compus. Os dois primeiros foram feitos de maneira muito explosiva, eu estava querendo mostrar para o público a proposta ONE MAN BAND. Agora eu tive o privilégio de juntar músicos dos quais sou fã” – diz o músico.

A banda de apoio conta com o Youtuber Igor Kasuya (gaita), os integrantes do Até Jazz, Tiago Domingues (suitcase percubo) e Eduardo Freire (trompete), os guitarristas Henrique Menten, Lucas Wild e Ari Mendes, os irmãos Rodrigo (bateria) e Tuh Speroni (teclados), Davi Marangoni (saxofone), Alexandre Mazzuco (gaita) e os baixistas Gustavo Borges e Rogério de Castro. E com a produção de Matheus Canteri.

Murillo traz um disco rico em sonoridade com sua própria identidade estampada em cada música, com sua voz marcante e “rasgante”. Com versos e melodias bem arranjadas e sem exageros.

Canções com uma pegada mais Blues como “Kamikazes sem Brevê”, a viciante “Cafeína Blues”, “Filho do Mundo” e “No Ano Que Vem”. Sem falar da finíssima “Mojo”, quarta faixa do disco e que é mais puxada para o Jazz.

E tem aquelas com pegadas mais Folk e Country como “Folkeando”, “Fated Man” com a participação do cantor americano de música country Johnny Voxx, “Honk Tonk Janzo” e a minha preferida “Melancolia Bobdyliana” que é uma canção mais intimista, composta somente por voz, violão e gaita.

Aproveita, aperta o play e compartilhe com seu amigo que diz que no Brasil não se faz mais música boa!


>> Murillo Augustos abre as nossas Lives no Facebook, neste ano de 2018, na próxima terça, dia 16. Saiba mais clicando aqui.

>> Você pode conhecer mais músicos folk brasileiros em nossa playlist Folk Brasuca no Spotify!

Compartilhe