dylan-highway61

Já pensou em conhecer a “Highway 61” do álbum rock de Bob Dylan?

Em 1965, o álbum “Highway 61 Revisited” provocou uma revolução na música. Bob Dylan, que até então tinha sido um típico cantor folk, chocou o mundo da música ao se juntar a uma banda de rock.

O que muita gente não sabe, é que a Highway 61 é realmente uma estrada americana, que conecta Minnesota e New Orleans.

É quase impossível imaginar a forma como Bob Dylan foi rejeitado pela comunidade folk, que foi o seu maior apoio até então, quando lançou o “Highway 61 Revisited”.

A cena folk falava sobre a reprodução dos padrões americanos e era, basicamente, tocada em instrumentos acústicos. Dylan seguiu essa tradição até seu 5º álbum, “Bringing It All Back Home” (1965), no qual ele começou a apresentar o seu lado elétrico.

Mas foi mesmo com “Like A Rolling Stone”, destaque em”Highway 61 Revisited”, lançado no mesmo ano, que Dylan se juntou à cena do rock e se afastou do folk.

O álbum recebe o nome da faixa, na qual Dylan traz personagens diferentes, como Deus e Abraão, ou Georgia Sam, referindo-se a lenda do blues Blind Willie McTell.

Dylan imagina alguns eventos fantásticos com esses personagens, e durante esses eventos, todos eles têm em comum que estão em dificuldades e tratam a Highway 61 como saída.

“Well, Georgia Sam, he had a bloody nose
Welfare department, they wouldn’t give him no clothes
He asked poor Howard, “Where can I go?”
Howard said, “There’s only one place I know”
Sam said, “Tell me quick, man, I got to run”
Oh, Howard just pointed with his gun
And said, “That way, down Highway 61″”

Dylan menciona a rodovia em Chronicles: Volume One, dizendo que “Highway 61, a principal via do blues do país, começa por onde comecei. Sempre senti como se tivesse começado nela, sempre passei por ela e poderia ir a qualquer lugar até mesmo ao Delta profundo. Era a mesma estrada, cheia das mesmas contradições, as mesmas cidades pequenas, os mesmos ancestrais espirituais … Era meu lugar no universo, sempre senti como se ela estivesse em meu sangue”.

 

Você pode passar pela Highway 61

 

A Rota 61 dos EUA é executada de Wyoming, em Minnesota, a New Orleans, em Louisiana. Tem 2300 km de comprimento, e segue o rio Mississippi durante a maior parte de seu percurso, pelo que também é chamada de The Great River Road. Acredita-se que a lenda do blues, Robert Johnson, vendeu sua alma ao diabo ao longo desta estrada, e ela abrange a área onde a maioria dos Mississippiblues foi criada.

 

Foto da capa

 

A arte da capa foi feita com uma foto de Daniel Kramer várias semanas antes das sessões de gravação. Kramer capturou Dylan sentado na varanda do apartamento de seu empresário, Albert Grossman, localizado em Gramercy Park, Nova York, colocando Bob Neuwirth, amigo do cantor, atrás “para dar-lhe cor extra”.

Ele usa uma camiseta de motocicleta da Triumph sob uma camisa de seda azul e roxo, segurando seus óculos Ray-Ban em sua mão direita.

No vídeo abaixo, você pode conferir mais infos bacanas sobre a capa do disco, com o próprio fotógrafo contando a historia.


Com informações do We Speak Music

Compartilhe